Anticoncepcional pode melhorar ou piorar a acne: saiba tudo
Mariana Rita Fernandes

Mariana Rita Fernandes

Anticoncepcional pode melhorar ou piorar a acne: saiba tudo

A verdadeira história por trás das pílulas anticoncepcionais. A solução para controle de natalidade e da pele?

A pílula anticoncepcional é um medicamento muito reconhecido e não é difícil saber o porquê. Além de ser muito eficaz no combate à gravidez, oferece benefícios colaterais atraentes, como livrar-se da acne hormonal. Mas como isso funciona?

Uma pílula anticoncepcional pode melhorar a acne?

Segundo a dermatologista Mariana Rita Fernandes, os gatilhos da acne são essencialmente hormonais. A testosterona (sim, as mulheres também têm) e outros hormônios semelhantes, forçam a pele a produzir grandes quantidades de sebo. O estrogênio encontrado nessas pílulas anticoncepcionais neutraliza esse efeito e evita o aparecimento de acne hormonal.

Alguns contraceptivos como o DIU Mirena pioram a acne, porém outros, como certas pilulas contraceptivas, são mais eficazes porque combinam estrogênio com um medicamento chamado acetato de ciproterona, que neutraliza especificamente os hormônios (andrógenos) que geram acne, diminuindo a superprodução de sebo e poros dilatados.

Por que sua próxima receita médica pode mudar?

Na verdade, existem 4 gerações de contraceptivos. Recentemente, os cientistas descobriram que a segunda geração dessas pílulas é realmente mais segura do que as novas gerações quando se trata de riscos potenciais, como trombose venosa profunda (um coágulo que se forma na perna).

Não importa qual pílula você tome, o risco ainda é muito, muito baixo, mas como muitas mulheres os tomam, os médicos devem ser muito cautelosos. Como resultado, muitas mulheres foram recomendadas a voltar aos comprimidos de segunda geração.

Portanto, o que essa nova mudança significa para minha pele?

Existem medicamentos anti-acne muito mais fortes do que os comprimidos de segunda geração, então você pode notar um efeito rebote nos primeiros meses em que os consome.

Ao trocar uma terceira ou quarta geração de pílulas por uma segunda geração mais segura, você está em um bom caminho. Não há pesquisas sólidas que afirmam que pílulas de terceira ou quarta geração são melhores para a pele do que as de segunda geração.

Contraceptivos… Fora de controle?

Se as pílulas anticoncepcionais não são um bom método para você, converse com seu dermatologista para lhe dizer estratégias alternativas para melhorar a qualidade da sua pele – existem ótimas soluções anti-acne por aí! 

Acne hormonal e a pílula contraceptiva

Você conhece a relação entre acne hormonal e a pílula contraceptiva? Contamos a relação entre a pílula e a acne, como você pode combater as imperfeições e as mudanças que podem ocorrer em seu rosto.

Como a pílula melhora as espinhas?

Os gatilhos da acne são principalmente hormonais. A testosterona (que sim, as meninas também têm) e outros hormônios semelhantes ordenam que a pele produza mais sebo, o que torna a pele propensa a acne. Os estrógenos encontrados nos ACOs (contraceptivos orais) compensam esse efeito e tratam a acne hormonal.


Algumas pílulas são ainda mais eficazes porque combina estrogênios com um medicamento chamado acetato de ciproterona, que neutraliza os hormônios que causam acne (andrógenos).

E o que acontece se a pílula não for uma opção válida para mim?

Se as pílulas não são para você, converse com seu dermatologista sobre alternativas estratégicas para a saúde da sua pele: existem ótimas soluções especializadas disponíveis.

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by